Sobre a Revista

Dados gerais do periódico

  • Nome: Boletim IBCCRIM
  • Responsável: Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM)
  • Formato: impresso e digital
  • Ano de criação: 1993 (sem interrupções)
  • Periodicidade: mensal
  • Recebimento de manuscritos: fluxo contínuo e editais especiais
  • ISSN: 1676-3661
  • Qualis: B5 (Interdisciplinar)
  • Endereço eletrônico: boletim@ibccrim.org.br

Linha editorial:

O Boletim do IBCCRIM é uma publicação de periodicidade mensal, em circulação desde 1993, que apresenta aos associados e às associadas do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais trabalhos de grande relevância sobre temas atuais de Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia e Direitos Humanos, bem como traz uma coletânea de jurisprudência dos tribunais pátrios concernentes às ciências criminais 

Com o objetivo de abranger tal escopo editorial, o periódico é dividido nas seguintes seções:

a) Caderno de doutrina (Direito Penal; Processo Penal; Criminologia; Direitos humanos; Infância e Juventude)

b) Caderno de Jurisprudência (Tribunais estaduais; Tribunais superiores; Tribunais internacionais)

Ademais, o Boletim, almejando a interlocução entre a estruturação de uma sólida doutrina nas ciências criminais e seu impacto na prática judicial, também possui a coluna fixa Diálogos. Nessa seção, um autor discorrerá sobre determinado tema controvertido que se encontra no centro do debate pragmático e acadêmico. Na publicação subsequente, um segundo autor fará comentários críticos, também em forma de texto, ao artigo original. Em um terceiro momento, havendo interesse, o autor do texto original poderá se manifestar sobre as críticas lançadas na edição anterior.

A ideia deste espaço coincide com o espírito que inspira o resgate da necessária interlocução dogmática entre vários estudiosos, de maneira a promover um genuíno debate sobre as mais diversificadas temáticas da ciência criminal. 

Por fim, visando à divulgação de importantes trabalhos científicos publicados em âmbito nacional e internacional, especialmente pesquisas acadêmicas, há a seção Resenhas Críticas, em que se apresentam breves comentários a tais publicações, ensejando críticas e incentivo ao debate científico. Ocasionalmente, também serão admitidas e publicadas entrevistas avaliadas pela coordenação como relevantes à promoção do debate científico concernente ao escopo do periódico.